20/12/19 13:58

Talentos Fenae não para! Finalistas da Apcef CE dão entrevista na Rádio Universitária FM

WhatsApp Image 2019-12-20 at 12.58.52.jpeg

O Talentos Fenae/Apcef não acaba quando termina! Nesta quinta-feira (19), os finalistas representantes da Apcef Ceará na edição deste ano participaram do programa “Pessoal do Ceará”, na Rádio Universitária FM. Os associados Paulo Araújo, Regina Carla, Leandro Leal e Rogério Montenegro foram entrevistados ao vivo pelo jornalista Nelson Augusto sobre os seus trabalhos artísticos e o concurso dos empregados da Caixa. Raquel Gomes participou remotamente da entrevista - de Recife, onde mora. O programa é um importante espaço de divulgação local da cultura cearense. 

"O Talentos Fenae, além de fomentar a produção cultural dos empregados da Caixa e revelar muitos associados talentosos nas mais diversas expressões artísticas, movimenta o cenário cultural do nosso país. É uma iniciativa que, de alguma forma, ultrapassa as fronteiras da Caixa. Precisamos divulgar os nossos artistas para dialogar com a sociedade e incentivá-los cada vez mais”, afirma o presidente da Apcef Ceará, Rochael Sousa, que também participou da entrevista.  

Paulo Araújo concorreu o Talentos 2019 em quatro categorias (Música-composição, Contos & Crônicas, Filme e Desenho & Pintura), vencendo com duas obras: a composição “Valsinha” e o conto “O Homem Mínimo”. Na entrevista, Paulo explicou o recado da letra de Valsinha sobre a atual situação política brasileira e falou um pouco sobre sua experiência em festivais de música. Raquel Gomes, parceira musical de Paulo, foi a intérprete da composição vencedora e seu filho, Kael, também esteve na disputa nacional na categoria Desenho Infantil. Ela falou sobre sua parceria com Paulo e sobre sua participação no concurso. 

No etapa final do festival, Regina Carla defendeu a música “Barco de Cristal”, do cearense Rodger Rogério, na categoria Interpretação, classificando-se entre as seis melhores obras do país. Leandro Leal representou o Ceará em fotografia e Rogério Montenegro, em Poesia. Durante o programa, Regina ainda cantou duas músicas ao vivo, Leandro falou sobre sua relação com a fotografia e Rogério recitou seu poema "Caos". 

Este é o 4º ano do Talentos Fenae/Apcef, que já se consolidou como a maior iniciativa de cultura corporativa do país. Com o objetivo de incentivar a produção cultural dos trabalhadores da empresa, o evento se tornou uma grande plataforma de talentos e uma importante vitrine para quem almeja uma carreira artística. Acompanhe as nossas divulgações e participe da próxima edição do Talentos Fenae/Apcef em 2020!

Em breve, será disponibilizada a gravação do programa com a participação dos associados.

Depoimentos sobre o Talentos Fenae/Apcef

Raquel Gomes (finalista em Música-Composição, interpretando “Valsinha” de Paulo Araújo) - “Esse evento é essencial. Não é apenas um evento para tirar a gente da realidade de banco, do dia a dia, mas sim para propiciar tanto a integração dos colegas da Caixa quanto dos profissionais do mercado da música e das artes. São profissionais extremamente capacitados e gabaritados que nos ajudam a renovar e evoluir enquanto artistas também. É um momento de reconhecimento dos talentos fora do ambiente de trabalho, que é fundamental para que a arte continue a fluir e florescer dentro da gente. É um prazer participar desse evento, que é muito organizado, com muita qualidade. Eu participo desde 2016, essa foi minha quarta edição. Sempre com bons resultados, a gente nunca deixou de ficar entre os seis melhores com as composições do Paulo. Ele é um grande parceiro. Pra mim, ele é um gênio, com mais de 200 composições escritas que o mundo precisa conhecer e que cada vez mais pessoas têm conhecido também por causa do Talentos. É uma parceria muito valiosa pra mim. Eu fico muito feliz em fazer parte disso, em poder interpretar as músicas dele e participar também cantando na categoria interpretação. Fico feliz em poder mostrar que eu sou mais do que dia a dia comporta”. 

Leandro Leal (finalista em Fotografia) - “Já participei do Talentos Fenae quatro vezes, mas representando a APCEF/CE, na etapa nacional, é apenas a segunda vez. A cada ano o evento fica melhor. Neste ano, a organização estava impecável, as instalações dos hotéis onde os associados ficaram hospedados superou todas as expectativas e as atividades durante o evento são sempre muito bacanas. O que me chamou atenção nesse ano foi o nível dos participantes. Em praticamente todas as categorias tínhamos excelentes trabalhos. Na categoria Fotografia, por exemplo, tínhamos, pelo menos, 15 obras que poderiam tranquilamente ficar entre as três melhores fotos do ano. Na categoria Música-Interpretação, os artistas conseguiriam virar facilmente as cadeiras no The Voice. De forma geral, posso dizer que vale muito a pena participar, pela integração com colegas de outros estados, pela organização do evento, pela estrutura oferecida aos participantes e, principalmente, pela oportunidade de divulgar o seu trabalho artístico ao lado de obras de alto nível.”

Regina Carla (finalista em Música-Interpretação) - “O festival Talentos Fenae/Apcef é um festival rico e, como diz o nome, faz desabrochar os talentos na literatura, na música, na fotografia, no vídeo, etc.  A ideia que se tem é que o funcionário público é apenas um burocrata e não se sabe que ele pode produzir arte paralelamente ao trabalho que já faz. Quanta arte nós vimos na composição, na música, nas performances! Colegas artistas de nível muito alto. Todos estão de parabéns. Produção musical, jurados, palco, todos os funcionários envolvidos em um trabalho muito rico e muito vasto. Mais do que concorrer, fica a amizade, as conquistas de novos colegas, a troca de cultura, de saberes... Fiquei muito impressionada. Augúrios de boas novas, dado o momento de intercâmbio cultural e político, de resistência, na Caixa. Posso dizer que fizemos "a jornada do herói". Retornamos com sensação de missão cumprida". 

 

Compartilhe